Palmeiras goleia Linense por 4 a 0 e mira clássico

O Palmeiras goleou o Linense por 4 a 0 no estádio Fonte Luminosa em Araraquara, na quarta rodada do Campeonato Paulista neste domingo (19), e ganhou moral para seu primeiro grande desafio no ano, o clássico contra o Corinthians na próxima quarta-feira (22).

A vitória também aliviou a situação do técnico Eduardo Batista, que vinha sendo criticado por torcedores nos últimos dois jogos da equipe. Contra o São Bernardo, na última quinta (16), ele foi vaiado por integrantes da organizada Mancha Alvi Verde.

O duelo entre Corinthians e Palmeiras, cujo centenário é celebrado no próximo 6 de maio, costuma ser divisor de águas para os treinadores das equipes. Da última vez, Cristóvão Borges caiu, em 17 de setembro de 2016, após derrota por 2 a 0 em casa, no Itaquerão.

Para o clássico de quarta (22), os técnicos de ambos as equipes chegam com desconfiança de suas torcidas, apesar da vitória nas partidas anteriores -o Corinthias derrotou o Audax por um a zero no sábado (18). Das arquibancadas, porém, Fabio Carrile tem ouvido que, caso seja derrotado, “o pau vai quebrar”.No Palmeiras, Eduardo Batista carrega a responsabilidade de obter, nesta temporada, um desempenho tão bom quanto o do ex-treinador Cuca, que comandou o clube no título do Brasileiro em 2016.

Com frequência, o técnico é cobrado pela torcida: “ô, Eduardo, preste atenção, nossa torcida quer gritar ‘é campeão'”. A goleada contra o Linense, por isso, torna-se tão importante para a sequência no Paulista, no ano e, também, para se firmar ante o principal adversário.

O JOGO

A vitória não só foi a primeira do Palmeiras jogando fora de casa em 2017, como foi a segunda, em sequência, no ano. A equipe apresentou bom entrosamento em campo, e ainda superou o revés de perder o volante Moisés.

O jogador saiu contundido sentindo o joelho esquerdo, após dividida com Zé Antônio, do Linense. O departamento médico palmeirense disse que ainda aguarda os exames para avaliar a lesão. Ele se junta ao meia Tchê-Tchê e ao zagueiro Fabiano, entre os desfalques da temporada.

Apesar da forte marcação dos anfitriões, a equipe da capital criou duas boas chances, logo nos primeiros 12 minutos de jogo. Na primeira, William errou sozinho na marca do gol, e com Dudu parou no goleiro Victor Golas após chute de fora da área.

Na segunda partida pelo time na temporada, Moisés saiu contundido, sentindo o joelho esquerdo, após dividida com o volante Zé Antônio, do Linense. O palmeirense fazia a segunda partida na temporada e vinha se recuperando de uma cirurgia feita no meio de 2016.

O Palmeiras abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo. William chutou rasteiro, depois de receber um passe entre os zagueiros do Linense, que se atrapalharam em afastar a bola da grande área.

Na sequência, após lançamento do goleiro Fernando Prass, William ajeitou de cabeça para Dudu que devolveu a bola para o atacante servir o meia Raphael Veiga, que anotou o segundo gol da partida, aos 26 minutos da primeira etapa.O Palmeiras quase anotou o terceiro, no fim da primeira etapa, com cabeceio de Vitor Hugo e, depois, com chute de Keno, desviado para escanteio.

No início da segunda etapa, Michel Bastos aproveitou a bola desviada pela defesa do Linense, após cobrança de falta para marcar de cabeça o terceiro do Palmeiras.A equipe seguiu superior em campo, administrando o resultado. Buscou ficar com a posse de bola no ataque e apostou nos contragolpes para manter a vantagem.Já no fim do jogo, Barrios, que entrou no lugar de William, tabelou com Dudu e fechou o resultado aos 37 minutos da etapa complementar.

LINENSE

Victor Golas; Bruno Moura, Rodrigo Lobão, Lucas Silva (Magno Alves) e Bruno Costa (Thiago Santos); Caíque, Zé Antônio, Thiago Humberto e Diego Felipe; Giovanni (Felipe Pereira) e GabrielzinhoT.: Guilherme Alves

PALMEIRAS

Fernando Prass; Jean, Yerry Mina, Vitor Hugo e Egídio; Felipe Melo (Thiago Santos); Michel Bastos, Moisés (Keno), Raphael Veiga e Dudu; Willian (Lucas Barrios)T.: Eduardo BaptistaEstádio: Arena da Fonte, em Araraquara (SP)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira

Público e renda: 10.208 pessoas; R$ 626.090.

Cartões amarelos: Caíque e Zé Antônio (L); Yerry Mina e Lucas Barrios (P)

Gols: Willian, aos 23 min do 1º tempo; Raphael Veiga, aos 26 min do 1º tempo; Michel Bastos, aos 8 min do 2º tempo; Lucas Barrios, aos 37 min do 2º tempo

(Folhapress)

Deixe seu Comentários aqui na nossa Fan Page Facebook

error

Gostou deste Site? Por favor, espalhe a notícia para seus amigos:)