Aécio Neves recorre ao STF para tentar retomar mandato de senador

Aécio Neves (PSDB-MG), senador afastado pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin, deve apresentar nesta segunda (22/5) a defesa para retomar o mandato.

Segundo o advogado do mineiro, Alberto Toron, “o afastamento do mandato é ilegal, não há amparo na Constituição”, disse à “Folha de S. Paulo”. “Vamos pedir a revogação das cautelares. O passaporte, ele vai entregar”, revelou a defesa ao jornal. O senador Aécio Neves foi um dos alvos da Operação Patmos, deflagrada na quinta (18/5), quando Fachin determinou o afastamento do mineiro das atividades políticas.

O ministro acatou em parte os pedidos da PGR (Procuradoria-Geral da República). Fachin solicitou a entrega do passaporte, mas não mandou prender o senador nem exigiu uso de tornozeleira eletrônica.

Deixe seu Comentários aqui na nossa Fan Page Facebook