Após pedido do TJ-BA, ACM Neto foge de polêmica e diz que ‘dados devem ser públicos e transparentes’

O prefeito ACM Neto (DEM) minimizou, em coletiva realizada nesta sexta-feira (10), a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que obriga a Prefeitura de Salvador a divulgar os estudos científicos que embasaram a adoção das medidas restritivas de combate à Covid-19.

“Não precisa de polêmica ou de decisão judicial. Os dados devem ser públicos e transparentes. Eles devem ser divulgados com o cuidado que não comprometa a segurança da nossa equipe. As informações devem ser divididas com o público e objeto de divulgação transparente”, declarou.

O pedido foi feito em um mandado de segurança impetrado pela jornalista e ativista Priscila Chammas Dau em maio deste ano, argumentando que a população tem o direito de “analisar e compreender minuciosamente as medidas adotadas para o enfrentamento da doença”.

Mateus Soares

Deixe seu Comentários aqui na nossa Fan Page Facebook

error

Gostou deste Site? Por favor, espalhe a notícia para seus amigos:)