Felipe Neto nega ter pedido auxílio e deposita R$ 1.200 ao governo federal

O nome de Felipe Neto foi inscrito como beneficiário do auxílio emergencial de R$ 600, mas é evidente que o youtuber não se enquadra nos pré-requisitos para receber a ajuda do governo federal. A assessoria de Felipe Neto esclarece que, por óbvio, o pedido de inclusão de tal benefício não foi feito pelo próprio ou por qualquer pessoa por ele autorizada, mas sim por um terceiro. Ainda não há conhecimento se a intenção era realizar algum tipo de fraude ou apenas mais uma tentativa de jogá-lo contra a opinião pública. “Porém, uma vez ciente do ocorrido, a equipe jurídica de Felipe Neto adotará todas as medidas necessárias e cabíveis para cancelar o cadastro e, caso tenha havido algum repasse, devolver imediatamente a quantia. Além disso, os advogados providenciarão, junto ao administrador do sistema, a identificação do responsável para que o mesmo responda judicialmente”, completa a assessoria do youtuber. De acordo com este posicionamento, o cadastro de Felipe como beneficiário do auxílio emergencial será cancelado, e meios legais serão adotados para tentar localizar o responsável pela fraude; a ideia é processar os envolvidos. Ontem, Felipe Neto falou ao “Jornal Nacional”, da TV Globo, sobre os ataques que passaram a rondá-lo nos últimos meses. Ele atualmente processa a apresentadora Antônia Fontenelle, que tentou associar a imagem dele e do irmão, Luccas Neto, à pedofilia.

Virem atrás de mim, dentro da minha casa, é um nível de perseguição que eu não imaginei que aconteceria. Sabe aquele vilão de novela, que você fala assim: não existe na vida real? Mas existe. Ele está aí, ele acontece. E eu estou vendo agora na prática até onde as pessoas são capazes de ir

Felipe Neto.

Ele recebeu ameaças nesta semana. Um dos homens responsáveis pelo ato participou do disparo de fogos de artifício contra a sede do STF (Supremo Tribunal Federal). Felipe disse que se conforma em ser cobrado por possíveis erros que tenha cometido no passado, mas que não aceita ser perseguido ou alvo de mentiras. A reportagem mostrou que perfis em redes sociais fazem montagens para associar o youtuber a mensagens pedófilas, comprovadamente falsas. “Não minta. Não tente atacar com ódio, raiva e vontade de arruinar a vida da pessoa. O que está acontecendo comigo hoje pode acontecer com sua família. Tenha responsabilidade usando as redes sociais. As pessoas manipulam justamente as que fazem o encaminhamento. Não seja manipulado por essa orquestra”, disse ele em outro trecho da conversa. Felipe afirmou que pretende continuar acionando judicialmente as pessoas que mentirem contra ele nas redes sociais..

Deixe seu Comentários aqui na nossa Fan Page Facebook