Pedreiro é preso suspeito de estuprar filha, enteadas e sobrinha por mais de dez anos

Manaus – Um pedreiro de 37 anos foi preso, na tarde desta segunda-feira (3), no conjunto Amazonino Mendes, zona norte de Manaus, suspeito de estuprar a filha, duas enteadas e uma sobrinha, por mais de dez anos. De acordo com a Polícia Civil, os crimes eram praticados na época em que o homem e as vítimas moravam juntos.

Segundo o delegado do 30º Distrito integrado de polícia (DIP), Torquato Mozer, os crimes eram cometidos desde 2008. “Esse suspeito começou a estuprar primeiro a filha, que na época tinha 11 anos. A partir da primeira denúncia foi que conseguimos identificar as outras vítimas”, disse.

Além da filha, o homem também abusou sexualmente de uma sobrinha, 13, e duas enteadas, de 13 e 7 anos. Hoje, aos 19 anos, a enteada mais nova mora no Estado do Ceará, em razão do trauma causado pelo abusos sexuais na infância.

Os estupros aconteciam quando o homem ficava sozinho em casa com as vítimas. Uma das enteadas relatou os abusos sexuais à família e o crime foi denunciado pela mãe e por uma tia dela. Após a denúncia, a polícia iniciou as investigações.

Depois de constatar os abusos sexuais por meio de exames de corpo de delito, a equipe de investigação do 30º DIP cumpriu o mandado de prisão temporária do pedreiro, expedida no dia 29 de julho deste ano.

O homem foi indiciado por estupro de vulnerável. Ele deve ser encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Deixe seu Comentários aqui na nossa Fan Page Facebook

error

Gostou deste Site? Por favor, espalhe a notícia para seus amigos:)